111 anos de vida! Lello &Irmão

(SCROLL DOWN FOR THE TEXT IN ENGLISH)

Esta sexta-feira 13 de 2017, foi de longe um dia de azar para um estabelecimento em particular na cidade do Porto. A livraria Lello & Irmão celebra hoje os seu 111 anos! Muitos parabéns!!!

Esta livraria já foi tema do meu blog, aliás foi uma das primeiras entradas, mas é tão especial que vale a pena de escrever novamente sobre ela, sobretudo com esta celebração especial.

Durante os últimos anos, no contexto do crescente boom turístico do Porto, tive o privilégio de assistir à forma que a livraria se tem adaptado às exigências de um novo público emergente – o turista. Homens de mulheres vindos de todas as partes do mundo entravam na livraria, maravilhavam-se com o seu esplendor, tiravam fotografias e as selfies obrigatórias e saíam, sem comprar um único livro.

Começou-se a cobrar só para grupos de excursões em forma de um marcador para livros, pois enchiam a casa em segundos. Porém a maré de turistas não parava de entrar e as correntes de fotografia de férias continuava a não vender livros. De facto, todos os livros da loja eram de língua Portuguesa, existindo apenas um cantinho, uma muito tímida prateleirinha com livros em Inglês e talvez uma ou outra raridade em Francês ou Espanhol. Recentemente o tradicionalismo português decidiu acompanhar as mudanças do mundo moderno.

Passou-se a cobrar 3 euros de entrada para toda a gente, sem excepção, na forma de um voucher, cujo valor é descontado na compra de … nada mais – um livro! Agora, os turistas já encontram muitos livros nas línguas globais, ou seja, Inglês, Francês e Espanhol, de escritores contemporâneos e de obras traduzidas de escritores Portugueses.

Resultado final? No ano 2016, contaram-se mais de 1 milhão de visitantes! Apenas 35% terão comprado livros e, por conseguinte, venderam-se 357.000 livros! 5 vezes mais do que no ano anterior! O objectivo do administrador da Lello & Irmão é transformar os outros 65% em novos leitores.

Hoje houve festa na livraria com música Rap e outros eventos. Já Camões dizia. Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades. A Lello & Irmão tem-se adaptado às mudanças, mas mantém-se fiel à sua função – criar leitores.

http://www.tvi24.iol.pt/sociedade/porto/livraria-lello-faz-111-anos-e-celebra-um-milhao-de-visitantes-em-2016

This Friday the 13th, 2017, was by far a day of bad luck for a particular establishment in the city of Porto. The Lello & Irmão Bookstore celebrates today its 111th anniversary ! Congratulations!!!

This bookstore has already been theme of my blog, in fact it was one of the first entries, but it is so special that it is worth writing again about it, especially with this  celebration.

During the last few years, in the context of Porto’s growing tourist boom, I had the privilege of watching the way the bookstore has adapted itself to the demands of a new emerging public – the tourist. Men and women from all over the world would enter the bookstore, marvel at it’s splendor, take pictures, selfies, and leave without buying a single book.

It started charging only for excursions groups in the form of book markers, because they filled the house in seconds. But the tide of tourists kept coming in and the currents of holiday photography still did not sell books. In fact, all the books in the store were Portuguese, having only one corner, one very shy shelf with books in English and perhaps a rarity in French or Spanish. Recently Portuguese traditionalism has decided to follow the changes of the modern world.

Now there is a charge of 3 euros for everyone, without exception, in the form of a voucher, the value of which is deducted from the purchase of … you guessed right – a book! Now, tourists already find many books in the global languages, namely English, French and Spanish, contemporary writers and translated works of Portuguese writers.

Final results? In the year 2016, there were more than 1 million visitors! Only 35% bought books and therefore 357,000 books have been sold! 5 times more than the previous year! The goal of the Lello & Irmão’s administrator is to turn the other 65% into new readers.

Today there was a party at the bookstore with Rap music and other events. Camões was already used to say. The times changes, the will changes. Lello & Brother has adapted to changes, but stays true to its function – to create readers.

Porto: 20 anos Património da Humanidade

(SCROLL DOWN FOR THE TEXT IN ENGLISH)

Hoje, 5 de Dezembro 2016, Porto está em festa. Passaram 20 anos desde que centro histórico da capital do Norte foi proclamado Património da Humanidade pela UNESCO. Ao meio-dia, os sinos de várias igrejas badalavam simultaneamente, durante 20 minutos, em comemoração desta data especial.

Nem há muito tempo, apenas cerca de 10 anos atrás, o Porto era uma cidade que vivia uma era triste de decadência. Contavam-se 100 mil desempregados, o centro histórico tornava-se desabitado, edifícios eram deixados ao abandono.

É incrível como a cidade desenvolveu grandemente num espaço de tempo tão curto. O papel da UNESCO foi um grande impulsionador, não apenas para a preservação de monumentos e bairros históricos, mas sobretudo à consciencialização dos seus habitantes das riquezas que a sua cidade possui.

A câmara, o turismo, estudantes, novos investidores e outras entidades tiveram um papel decisivo no renascimento do Porto. Hoje é um dos destinos favoritos da Europa e uma das cidades com melhor qualidade de vida em Portugal.

Porto é, sem dúvida, visita obrigatória! Deixe-se encantar pela cidade. https://www.youtube.com/watch?v=cJNhFsz9aGQ

This slideshow requires JavaScript.

Today, December 5, 2016, Porto is celebrating. It has been 20 years since the historic center of the northern capital was proclaimed a World Heritage Site by UNESCO. At noon, the bells of several churches rang simultaneously during 20 minutes in celebration of this special date.

Not too long ago, just about 10 years ago, Porto was a city that lived a sad era of decay. There were 100,000 unemployed, the historic center became uninhabited, buildings were left to abandonment.

It’s amazing how much the city has developed in such a short space of time. The role of UNESCO was a major driver, not only for the preservation of historic monuments and neighbourhoods, but above all, for its inhabitants to become aware of their  city’s true valor.

The city council, tourism, students, new investors and other entities played a decisive role in the revival of Porto. Today it is one of Europe’s favorite destinations and one of the cities with the best quality of life in Portugal.

Porto is definitely worth to visit! Let yourself be enchanted by the city.

Estação de S.Bento

(SCROLL DOWN FOR THE TEXT IN ENGLISH)

Uma das maravilhas do Porto é sem dúvida a Estação Ferroviária de S.Bento.

Actualmente, é considerado um dos monumentos mais importantes da capital do Norte. Construído no antigo Mosteiro de S.Bento de Avé Maria, o edifício foi adaptado para a nova função no séc XIX e foi inaugurada na data simbólica de 5 de Outubro de 1916.  Hoje em dia ainda funciona como estação ferroviária.

O que faz esta estação ser especial, não é a história do edifício ou dos transportes públicos, mas sim, a esplendorosa decoração no átrio principal.Os seus 551 metros quadrados estão totalmente revestidos por 20.000 azulejos da autoria do artista Jorge Colaço, fabricados em 1905-1906 na Fábrica de Sacavém.

wp_20161031_003
Átrio da Estação de S.Bento / Main Hall of the S.Bento Station

É impossível não ficar fascinado pelos grandes painéis azuis e brancos. Nas laterais encontram-se 4 representações histórias. Num lado, estamos na Idade Média no séc.XII. Em cima assistimos ao violento confronto entre os soldados portugueses e espanhóis no Torneio de Arcos de Valdevez, uma  batalha decisiva para a fundação e independência de Portugal.

Em baixo, estamos em Toledo, na corte de Leão e Castela. O rei Alfonso VII é confrontado com o acto de coragem e auto-sacrifício de Egas Moniz. O que se passou foi que,  D.Afonso Henriques, rei de Portugal, tinha invadido a Galiza. Tinha iniciado uma guerra ao  quebrar o acordo de paz entre Portugal e Espanha realizado 9 anos antes. Egas Moniz, o aio do rei de Portugal tomou um grande risco e partiu em segredo para Toledo com sua mulher e filhos. Apresentou-se ao rei como um prisioneiro, juntamente com a sua família e ofereceu as suas vidas em troca da paz entre Portugal e Espanha. O rei de Leão e Castela, comovido ordenou a sua libertação e manteve a paz entre as duas nações.

dag-3-46
Egas Moniz

No lado oposto testemunhamos a Entrada de D.João I e Filipa de Lencastre no Porto (1387) e em baixo, o seu filho, o Infante D.Henrique é representado vitorioso e glorioso após a Conquista de Ceuta em 1415.

Os outros painéis representam cenas da vida quotidiana do início do séc.XX  – uma procissão religiosa, uma feira e cenas campestres como a vindima. Os protagonistas são o homens e mulheres do povo, vestidos nos trajes tradicionais.

Finalmente, no topo, o friso colorido conta a história e evolução dos transportes terrestres.

Sem dúvida, S.Bento não é uma estação qualquer.

One of the wonders of Porto is undoubtedly the Railway Station of S.Bento.

 Today, it is considered one of the most important monuments of the capital of the North. Built in the old monastery of S.Bento de Avé Maria, the building was adapted for the new function during the 19th century and was inaugurated in the symbolic date of October 5, 1916 (implantation of the Republic). Nowadays it still functions as a railway station.

wp_20161031_004
Detalhe com cenas do séc. XII (esquerda) e uma procissão no séc. XX (direita)                      Detail with scenes from the 12h century (left) and a religious procession in the 20th century (right)

What makes this station special is not the history of the building or of the public transportation, but rather the splendid decoration in the main hall. Its 551 square meters are fully covered by 20,000 tiles by the artist Jorge Colaço, manufactured in 1905 -1906 at the Sacavém Factory.

It is impossible not to be fascinated by the large blue and white panels. On the sides there are 4 historical representations. On one side, we are in the Middle Ages in the 12th century. Above we witness the violent confrontation between Portuguese and Spanish soldiers in the Tournament of Arcos de Valdevez, a decisive battle for the foundation and independence of Portugal.

Below we are in Toledo, at the court of Leon and Castile. King Alfonso VII is confronted with the act of courage and self-sacrifice of Egas Moniz. What happened was that D.Afonso Henriques, king of Portugal, had invaded Galicia. He had started a war by breaking the peace agreement between Portugal and Spain from 9 years earlier. Egas Moniz, the Portuguese king’s steward took a great risk and left in secret to Toledo with his wife and children. He presented himself to the king as a prisoner, along with his family and offered their lives in exchange for peace between Portugal and Spain. The king of Leon and Castile, shaken by the gesture, ordered his release and kept the peace between the two nations.

On the opposite side we witness the entry of Joao I and Filipa de Lencastre in Porto (1387) and below, their son, Hendrik the Navigator is represented victorious and glorious after the Conquest of Ceuta in 1415.

wp_20161031_006-copia
A vindima e os barcos rabelo / the harvest and transportation of the Porto Wine on  barcos rabelos (boats)

The other panels depict scenes from everyday life from the early 20th century – a religious procession, a market and country scenes such as the harvest. The protagonists are men and women of the people, dressed in traditional costumes.

Finally, at the top, the colorful frieze tells the story and evolution of ground transportion.

No doubt, S.Bento is not a regular railway station.

Livraria Lello & Irmão

(SCROLL DOWN FOR THE TEXT IN ENGLISH)

A Lello & Irmão é uma verdadeira obra de arte, um ex-libris do Neo-Gótico. É um templo do saber, um santuário para livros. É um lugar fixe e um local de peregrinação para fãs da J.K.Rowling.

Quando os irmãos José e António Lello abriram as portas da livraria em 1906, nunca poderiam prever a fama e popularidade que o seu estabelecimento ganharia mais de 100 anos depois. Nunca sonhariam que se iriam formar filas de visitantes para entrar na sua loja depois de comprar um voucher obrigatório de 3 euros (cujo valor é descontado na compra de um livro).

Recentemente a Times e a CNN consideraram a Lello & Irmão como a livraria mais cool e mais bela do mundo. E não é para menos. A fachada (restaurada este ano) lembra-nos uma igreja medieval. Nela estão duas figuras retratadas, a Ciência e a Arte, que parecem saltar de um livro de miniaturas da Idade Média. No interior, o trabalho de madeira é detalhado, plástico e orgânico e dá continuação ao ambiente gótico. A escadaria, parcialmente feita de estuque é magnífica, extravagante e sofisticada. No primeiro piso encontramos um vitral com o logo da Livraria.

Mais do que uma livraria, a Lello & Irmão é uma igreja para livros e o seu culto é o  conhecimento. Não é de admirar portanto, que a escritora J.K.Rowling se deixou inspirar por este templo do saber para os seus livros do Harry Potter. Porque há, de facto, algo de mágico nesta livraria.

O significado da Lello e Irmão ultrapassou sem dúvida o mero conceito de livraria. E no entanto, é exactamente isso. Uma livraria. A mais bela do mundo.

Morada: Rua das Carmelitas, Porto
Horário: 10h00 – 19h30 
Encerra ao domingo

Para mais imagens / For more images: http://www.livrarialello.pt/pt/home/galeria

Lello & Irmão is a true work of art, an ex-libris of the Neo-Gothic. It is a temple of knowledge, a sanctuary for books. It is a cool place and a pilgrimage point for J.K. Rowing fans.

When the brothers José and António Lello opened the doors of the bookstore in 1906, they could never foresee the fame and popularity that their establishment would gain over 100 years in the future. They would never dream that queues of visitors would form to enter their store after buying a mandatory voucher of 3 euros (whose value is discounted on the purchase of a book).

Recently the Times and CNN considered Lello & Irmão as the coolest and most beautiful bookstore in the world. Not for less. The façade (restored this year) reminds us of a medieval church. On it are two  figures represented, Science and Art, who seem to jump from a medieval miniature book. Inside, the wood work is detailed, plastic and organic and gives continuity to the Gothic environment. The staircase, partly made of plaster is magnificent, extravagant and sophisticated. On the first floor we find a stained glass window with the bookstore’s logo.

More than a bookstore, Lello & Irmão is a church for books and its worship is knowledge. No wonder, that writer J.K. Rowling was inspired by this temple of knowledge for her Harry Potter books. Because there is indeed something magical about this bookstore.

The meaning of the Lello and Irmão has no doubt surpassed the mere concept of bookstore. And yet, it’s exactly that. A bookstore. The most beautiful in the world.

Adress: Rua das Carmelitas, Porto
Opening Hours: 10h00 – 19h30 
Closes on Sunday